quinta-feira, 12 de novembro de 2009

LIÇÃO DE CASA 1 – AVANÇANDO NA PRÁTICA - PÁGINA 40 - TP5

LIÇÃO DE CASA 1 – AVANÇANDO NA PRÁTICA - PÁGINA 40 - TP5


TEMA: Estilística (tonalidade emotiva das palavras)

SÉRIE: 5ª série (6º ano)

TEMPO ESTIMADO: 6aulas

JUSTIFICATIVA:

... Sim Senhor, tudo o que queira, mas são as palavras as que cantam, as que sobem e baixam ... Prosterno-me diante delas... Amo-as, uno-me a elas, persigo-as, mordo-as, derreto-as ... Amo tanto as palavras ... As inesperadas ... As que avidamente a gente espera, espreita até que de repente caem ... Vocábulos amados ... Brilham como pedras coloridas, saltam como peixes de prata, são espuma, fio, metal, orvalho ... Persigo algumas palavras ... São tão belas que quero colocá-las todas em meu poema ... Agarro-as no vôo, quando vão zumbindo, e capturo-as, limpo-as, aparo-as, preparo-me diante do prato, sinto-as cristalinas, vibrantes, ebúrneas, vegetais, oleosas, como frutas, como algas, como ágatas, como azeitonas ... E então as revolvo, agito-as, bebo-as, sugo-as, trituro-as, adorno-as, liberto-as ... Deixo-as como estalactites em meu poema; como pedacinhos de madeira polida, como carvão, como restos de naufrágio, presentes da onda ... Tudo está na palavra...

Pablo Neruda

OBJETIVOS:

- Observar e analisar que as definições de “palavra” expressam a tonalidade das palavras, o sentimento que cada um desperta em quem as usa;

- Reconhecer os recursos expressivos ligados aos sons das palavras (nível fonético).

DESENVOLVIMENTO

- Iniciar a aula com o texto visual que se encontra na página 236 do livro didático adotado(Português – leitura, produção, gramática) a tela A jovem professora, do pintor francês Jean-Baptiste-Siméon Chardin.

- Trabalhar com duplas para discutir a leitura da imagem:

O que o pintor Chardin escolheu para retratar nesse quadro?

Analisando a expressão dos rostos, que características podem ser observadas nas duas figuras?

De acordo com a atitude da criança, como se pode definir o seu relacionamento?

- Apresentar o título do texto a ser lido: A nova professora, fazendo relações com o texto visual analisado anteriormente.

- Fazer a leitura oral para a classe e comentar algumas questões realizando uma roda de conversa com a turma.

-Na aula seguinte contar a história do livro: O menino que vendia palavras. Pedir a algum aluno para comentar a parte que mais gostou.


- Levar para a classe a música Palavras, dos Titãs. Saborear a magia das palavras na música, o ritmo, a sonoridade.

Palavras

Titãs

Palavras não são más
Palavras não são quentes
Palavras são iguais,
Sendo diferentes
Palavras não são boas
Os números pros dias
E os nomes pras pessoas
Palavras eu preciso
Preciso com urgência
Palavras que se use
Em casos de emergência
Dizer o que se sente
uma sentença
Palavras que se diz
Se diz e não se pensa
Palavras não tem cor
Palavras não têm culpa
Palavras de amor
Pra pedir desculpas
Palavras doentias
Páginas rasgadas
Palavras não se curam
Certas ou erradas
Palavras são sombras
As sombras virão jogos
Palavras pra brincar
Brinquedos quebram logo
Palavras pra esquecer
Versos que repito
Palavras pra dizer
De novo o que foi dito
Todas as folhas em branco
Todos os dedos fechados
Tudo com todas as letras
Nada de novo
Debaixo do Sol

- Na aula seguinte ler o texto palavra, de Adriana Falcão para os alunos e mostrar que as definições de palavra expressam a tonalidade, o sentimento que cada palavra desperta em quem as usa.

- Pedir aos alunos que citem e escrevam palavras e motivações que sintam nelas.





- Apresentar uma nova colega para a classe. Estimular os alunos a pensarem na Sarita: Quem a conhece? Como ela é? Onde vive?O que faz? Qual é a sua idade?

Fazer com que fiquem muito curiosos quanto à figura dessa mulher.

- Produzir fantoches representando a Sarita.







- Anunciar então a chegada de Sarita. Distribuir cópias do texto para os alunos.Pedir que ouçam com atenção a leitura do texto.

- Desafiar os alunos a lerem como você ou mais rápido ainda, sem tropeçar nas palavras.

- Comentar e destacar no texto as palavras começadas com a letra S.Ressaltar que o poema foi construído a partir de um nome (uma personagem) que praticou determinadas ações(verbos) e possui algumas características(adjetivos).

- Estimular os alunos a brincar com as palavras, listando verbos e adjetivos escritos relacionados à inicial de seu nome.

- Pedir aos alunos que construam uma breve história poética, relacionando os verbos e adjetivos já escritos ás suas características físicas, ao que gosta de fazer e o que lhe acontecerá em uma mudança.






- Ilustrar o poema, ler para a classe e expor no mural da sala.

LIÇÃO DE CASA – COMENTÁRIOS SOBRE A ATIVIDADE

Foi uma atividade interessante, porém alguns tiveram dificuldades em listar verbos e adjetivos. Mas a grande maioria se divertiu com a brincadeira de sons e palavras, além de concluir que a repetição de sons pode valorizar um texto quando é intencionalmente usada para produzir um efeito de sentido.

Penetra surdamente no reino das palavras

Lá estão os poemas que esperam ser escritos...

Chega mais perto e contempla as palavras

Cada uma tem mil faces secretas sob a face

Neutra e te pergunta, sem interesse pela

Resposta pobre ou terrível, que lhe deres:

Trouxeste a chave?

Procura da poesia – Carlos Drummond de Andrade


Nenhum comentário:

Postar um comentário